top of page

Cuidados simples com a pele e mucosas podem evitar a interrupção dos ciclos de quimioterapia e radio

A radioterapia é um dos principais tratamentos para pacientes com câncer. O objetivo da radioterapia é atingir células cancerígenas e reduzir ou eliminar o tumor. No entanto, o tratamento pode causar alguns efeitos colaterais, como a radiodermatite - uma inflamação da pele que pode ocorrer em pacientes que passam por radioterapia.


A radiodermatite é um efeito colateral comum da radioterapia. A pele pode ficar vermelha, irritada e sensível, tornando-se seca e com coceira. Em casos graves, pode ocorrer descamação e até mesmo bolhas. A mucosa oral também pode ser afetada, causando mucosite oral, um efeito colateral que pode dificultar a ingestão de alimentos e líquidos.


Para evitar a radiodermatite e outros efeitos colaterais da radioterapia, é importante que o paciente tome algumas precauções e siga as orientações do médico. Aqui estão algumas dicas importantes:


Hidratação: Mantenha a pele e as mucosas hidratadas durante todo o tratamento. Utilize cremes hidratantes e loções sem fragrância. Preferencialmente, use produtos recomendados pelo médico ou pelo enfermeiro.


Limpeza: lave a pele e as mucosas com água morna e sabão suave. Evite produtos que contenham álcool, perfumes e outros irritantes. Embora a loção hidratante seja importante, você não deve aplicá-la imediatamente após o banho. Deixe a água secar antes de aplicar um hidratante.


Roupa: use roupas leves e confortáveis. Evite roupas apertadas que possam irritar ainda mais a pele. Use roupas de algodão, em vez de tecidos sintéticos.


Sol: evite exposição ao sol direto. Use roupas protetoras, como chapéus de aba larga e camisetas de manga comprida. Se você precisar sair ao sol, use um protetor solar com fator de proteção solar elevado para peles sensíveis.


Alimentação: mantenha uma alimentação equilibrada e evite alimentos que possam irritar a mucosa oral. Alimentos quentes, ácidos e picantes podem aumentar a irritação. Prefira alimentos suaves e frios.


Repouso: O repouso ajuda a reduzir o estresse físico e emocional que pode aumentar a radiodermatite. Também pode ajudar a manter o paciente a se sentir mais forte durante o tratamento.


Ao seguir essas dicas básicas e as orientações do médico, a radioterapia pode ser menos estressante e mais eficaz. Se você tiver uma reação cutânea ou outro efeito colateral, informe o seu médico e enfermeiro para que eles possam ajudá-lo a gerenciá-lo com segurança e eficácia.


Uma opção comprovadamente segura para a prevenção e tratamento de questões relacionadas ao ressecamento excessivo da pele advindo do tratamento radioterápico chama-se Tegum.


Tegum é uma emulsão hidratante que possui óleo de andiroba em sua fórmula, tornando-se um produto altamente benéfico para a saúde da pele. Utilizado como correlato padrão em tratamentos médicos nos principais hospitais do país, Tegum é indicado para prevenir e tratar problemas relacionados ao ressecamento excessivo da pele, evitando lesões por pressão, promovendo a regeneração celular, estimulando a cicatrização e mantendo a pele devidamente hidratada, mesmo sob efeito de quimio e radioterapia.


Ao aplicar o Tegum, a pele recebe uma hidratação profunda, proporcionando mais conforto e evitando a perda de elasticidade. Além disso, o óleo de andiroba presente na fórmula é conhecido por ter propriedades cicatrizantes, anti-inflamatórias, bactericidas e fungicidas, o que ajuda a prevenir e tratar possíveis infecções na pele.


Com sua ação protetora, o Tegum é uma excelente opção para quem busca cuidar da saúde da pele de forma eficiente e segura.


Na Marca Distribuidora, você pode dispor de Tegum na quantidade e prazo de entrega ideal para a sua instituição de saúde. Converse com a nossa equipe e mantenha seu estoque sempre na medida ideal.


Fontes: INCA | Ministério da Saúde | AC Camargo | Oncoguia | Abrale | Vencer o Câncer


Commentaires


bottom of page